Risco socioambiental urbano e barragens de contenção de minérios em jornais digitais no Brasil

Myrian Regina DEL VECCHIO DE LIMA, Vanessa de Cassia WITZKI COLATUSSO, Ricardo Aurelio COLATUSSO

Resumen


Os riscos urbanos (Veyret, 2007) representam um desafio de gestão, pela sua complexidade socioambiental. As ameaças de rompimento das barragens de contenção de minério próximas a cidades no Brasil demonstram a prevalência da maximização do lucro (Leff, 2000) em detrimento à segurança, levando-se em conta as catástrofes de Mariana (2015) e Brumadinho (2019).  Este estudo entende que o jornalismo, diante do contexto de riscos urbanos, além de informar, deve estimular a sociedade a se mobilizar para participar na vida pública (Reginato, 2019). Assim, buscamos verificar os enquadramentos das notícias coletadas em 2019 de três jornais digitais, Brasil de Fato, HuffPostBrasil e Nexo, a fim de identificar como esses periódicos tratam o assunto e possibilitam a mobilização das comunidades afetadas.

Palabras clave


Crise Ambiental; Riscos e Vulnerabilidades; Mineração; Enquadramento de Riscos; Webjornalismo.

Referencias


Acselrad, H. (2002) Justiça ambiental e construção social do risco. Desenvolvimento e Meio Ambiente. n. 5. 49-6 jan.jun. Editora UFPR.

Agência Nacional de Águas (ANA) (2019). Sistema de Informação. Disponível em: https://www.ana.gov.br/noticias/ana-lanca-relatorio-de-seguranca-de-barragens-2018

Agência Nacional de Mineração (ANM) (2019). Relatório de Entrega de Declarações de Condição de Estabilidade (DCE Set/2019). Disponível em: http://antigo.anm.gov.br/portal/assuntos/barragens/resumo-campanha-entrega-dce-setembro-2019

Beck, U. (2012). A reinvenção da política: rumo a uma teoria da modernização reflexiva. In Beck, U.; Giddens, A. & Lash, S. Modernização reflexiva: política, tradição e estética na ordem social moderna. São Paulo: Unesp.

Brasil. (2000). Portaria Nº 70.389/2017 – Departamento Nacional de Produção Mineral - DNPM. Disponível em: http://www.anm.gov.br/acesso-a-informacao/legislacao/portarias-do-diretor-geral-do-dnpm/portarias-do-diretor-geral/portaria-70-389-de-2017/view

Brasil. (2020). Lei federal nº 12.334/2010. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2010/Lei/L12334.htm

Canavilhas, J. (2014). Webjornalismo: 7 caraterísticas que marcam a diferença. Disponível em: http://labcom.ubi.pt/livro/121

Castro, S. D. A. de (2000). Riesgos y peligros: una visión desde la geografia. Scripta Nova. Revista Electrónica de Geografía y Ciencias Sociales, v. 4, n. 60, fevereiro, p. 55-78.

Dubois-Maury, J. & Chaline, C. (2002). Les risques urbains. Paris: Armand Colin.

Entman, R. M. (1991). Symposium Framing US Coverage of International News: Contrasts in Narratives of the KAL and Iran Air Incidents. Journal of Communication 41, 6-27.

IBGE. (2010). População rural e urbana. Disponível em: https://educa.ibge.gov.br/jovens/conheca-o-brasil/populacao/18313-populacao-rural-e-urbana.html

Leff, E. (2000). Complexidade, interdisciplinaridade e saber ambiental. In PHILIPPI Jr, A. Interdisciplinaridade em Ciências Ambientais. Disponível em: http://www.nuredam.com.br/files/divulgacao/philippi01.pdf

Mendonça, F.; Del Vecchio-Lima, M.; Deschamps, M. (2013). A cidade e as mudanças globais: riscos e vulnerabilidades socioambientais na RMC/PR. In Ojima, R. & Marandola Jr., E. Mudanças climáticas e as cidades: novos e antigos debates na busca da sustentabilidade urbana e social. São Paulo: Blucher.

Reginato, G. (2019). As finalidades do jornalismo. Florianópolis, SC: Insular.

Salaverría, R. (2014). Multimedialidade: Informar para cinco sentidos. In Canavilhas, J. Webjornalismo: 7 caraterísticas que marcam a diferença. Disponível em: http://labcom.ubi.pt/livro/121

Santos, M. (1992). A Urbanização Brasileira. 5ª ed. São Paulo: EdUSP.

________. (2008). A revolução tecnológica, a experiência da escassez e os limites da globalização atual. Conferência. UnB, 1999. Disponível em: http://www.unb.br/unb/titulos/milton_santos.php.

Soares, M. S. (2009). Representações, jornalismo e a esfera pública democrática. São Paulo: Edunesp; Cultura Acadêmica.

Specht, P. (2015). Provedores de internet e empresas de tecnologia, que também lucram com a notícia, deveriam ajudar a financiá-la. Famecos 22(3), p. 215-227.

Veyret, Y. (Org,) (2007). Os riscos: o homem como agressor e vítima do meio ambiente. São Paulo: Contexto.




DOI: https://doi.org/10.16921/chasqui.v0i144.4291

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.




Copyright (c) 2020 Vanessa de Cassia Witzki Colatusso, Myrian Regina Del Vecchio De Lima, Ricardo Aurelio Colatusso

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-SinObraDerivada 4.0 Internacional.

convocatorias

Es una edición cuatrimestral creada y editada por CIESPAL.
Av. Diego de Almagro N32-133 y Andrade Marín.
Quito-Ecuador.

Síguenos en:

convocatorias

convocatorias

Revista Chasqui 2018
está bajo Licencia Creative Commons Atribución-SinDerivar 4.0 Internacional.