Desafios da formação em competência midiática no Observatório da Quallidade no Audiovisual

Gabriela BORGES

Resumen


Este artigo apresenta uma proposta teórico-metodológica de formação de profissionais de comunicação desenvolvida no Observatório da Qualidade no Audiovisual na Universidade Federal de Juiz de Fora, Brasil. A partir de pesquisa empírica com estudantes universitários e profissionais de comunicação (Borges & Silva, 2019) e dos estudos de Ferrés e Piscitelli (2015) sobre a competência midiática; de Scolari (2016) e Scolari; Masanet; Guerrero-Pico & Establés (2019) sobre literacia transmídia, desenvolvemos uma proposta de formação de alunos para a produção de conteúdos para multiplataformas. Produzimos séries audiovisuais e sonoras nos canais de comunicação do Observatório da Qualidade no Audiovisual (2020) que evidenciam um conjunto de novas competências e proporcionam novos olhares sobre os sujeitos, as tecnologias, a comunicação e a educação.


Palabras clave


Observatório da Qualidade no Audiovisual; Competência midiática; Literacia Midiática; Formação em audiovisual

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))

Referencias


Borges, G.; Silva, M. B. (org.). (2019). Competências midiáticas em cenários brasileiros: interfaces entre comunicação, educação e artes. Editora da UFJF. Recuperado de https://bit.ly/3gzCypN

Borges, G.; Sigiliano, D. (2019). Observatório da Qualidade no audiovisual: curadoria, produção experimental de conteúdos e divulgação científica. In Borges, G.; Silva, M.B. (org.). Competências midiáticas em cenários brasileiros: interfaces entre comunicação, educação e artes (pp.258-290). Editora da UFJF. Recuperado de https://bit.ly/3gzCypN

Borges, G. (2014). Qualidade na TV pública portuguesa. Análise dos programas do canal 2. Editora da UFJF.

Buckingham, D. (1993). Towards new literacies, information technology, English and media education. The English and Media Magazine. Summer, 20-25.

Comissão Européia. (2018). DigComp. The European Digital Competence Framework. Publications Office for the European Union. Recuperado de https://bit.ly/3gzCypN

Comissão Européia. (2019). Key competences for lifelong learning. Publications Office for the European Union. Recuperado de https://bit.ly/3ce2kwn

Comissão Européia. (2011). Testing and Refining Criteria to Assess Media Literacy Levels in Europe Final Report. Comissão Europeia. Recuperado de https://bit.ly/36NSvEw

Ferrés, J. & Piscitelli, A. (2015). A competência midiática: proposta articulada de dimensões e indicadores. Lumina, 9(1), 1-16. Recuperado de https://bit.ly/2XfRpye

Guida, V.; Meyer, M.; Americano, L.T. (2019). A competência midiática e o exercício da cidadania a partir da experiência dos profissionais de comunicação de Juiz de Fora (MG). In Borges, G.; Silva, M.B. (org.). (2019). Competências midiáticas em cenários brasileiros: interfaces entre comunicação, educação e artes (pp. 137-155). Editora da UFJF. Recuperado de https://bit.ly/3gzCypN

Mihailidis, P. (2008). Beyond cynicism: How media literacy can make students more engaged citizens (Doctoral dissertation). Recuperado de https://bit.ly/2TPCXum

Jenkins, H. Cultura da convergência. 2. ed. São Paulo: Aleph, 2008.

______; Green, J.; Ford, S. (2014). Cultura da Conexão. Criando Valor e Significado por Meio da Mídia Propagável. Aleph.

Observatório da Qualidade no Audiovisual (Ed.). (2020). Home. Recuperado de http://bit.ly/2MbRI6Q

Silva, M.B.; Vieira, S.F.; Souza, M.V.B. (2019). A competência midiática na formação de universitários. In Borges, G.; Silva, M.B. (org.). (2019). Competências midiáticas em cenários brasileiros: interfaces entre comunicação, educação e artes (pp. 84-108). Editora da UFJF. Recuperado de https://bit.ly/3gzCypN

Scolari, C. A.; M.J. Masanet, M.J.; Guerrero-Pico, M.; Establés, M.J. (2019). Adolescentes, medios de comunicación y culturas colaborativas. Aprovechando las experiencias transmedia de los jovens en el aula. Transliteracy. H2020 Research and Innovation Actions. Recuperado de https://bit.ly/36KJqft

Scolari, C. A. (2016). Transmedia Literacy: Informal Learning Strategies and Media Skills in the New Ecology of Communication. Telos. Cuadernos de Comunicación e Innovación, 1-9. Recuperado de https://bit.ly/3gFRnHF

Stedman, K. (2012). Remix Literacy and Fan Compositions. Computers and Composition. 29(2), 107-123. Recuperado de https://bit.ly/2MbRLzy




DOI: https://doi.org/10.16921/chasqui.v1i146.4387

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.




Copyright (c) 2021 Gabriela Borges

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-SinObraDerivada 4.0 Internacional.

convocatorias

Es una edición cuatrimestral creada y editada por CIESPAL.
Av. Diego de Almagro N32-133 y Andrade Marín.
Quito-Ecuador.

Síguenos en:

convocatorias

convocatorias

Revista Chasqui 2018
está bajo Licencia Creative Commons Atribución-SinDerivar 4.0 Internacional.